Resenha: Perdido em Marte (Título original: The Martian)

capa espetacular

Não sei se outras pessoas que leram ou ainda irão ler este livro tem a pensar de seu enredo. A primeira coisa que visualizei a ler a sinopse foi à semelhança com o filme Náufrago, que instantaneamente entrou em minha comparação livro/filme.

Perdido em Marte mostra para nós a história do astronauta Mark Watney, especializado em botânica e engenharia que durante uma expedição a Marte junto com sua equipe sofre um pequeno acidente após uma violenta tempestade de areia. Mark se vê ferido e o resto da tripulação consegue sair do planeta e volta a Terra. A esta altura, cheio de problemas e questionamentos Mark tem apenas uma certeza, a de que a tripulação esta a salva e de volta a Terra e o pior, que todos pensam que ele está morto. Ele agora tenta constantemente elaborar algumas experiências para tornar aquela situação um pouco melhor e menos traumática.

Sua busca agora é tentar correr contra o tempo para sobreviver e esperar que seu alimento não acabe. O mais incrível é que Mark consegue fazer coisas impensadas e ele sempre tem alguma ideia genial para os problemas, algumas dão certo claro, mas outras nem tanto e ele leva aquela máxima do “não desisto nunca”. Então é isso neste livro vamos encontrar um homem, um planeta que não é o seu, comida racionada, muitos problemas e apenas uma certeza, a de que não há certeza em coisa alguma. Sem contar nas doses de humor e crítica com sua atual situação. Objetivos primordiais para Mark, número um: conseguir aumentar a quantidade de alimento para sobreviver. E número dois: estabelecer contato com a Terra.

A genialidade do livro esta na narrativa. O livro inteiro foi escrito como sendo um diário de bordo, e os capítulos estão descritos com este nome “Diário de Bordo”, todas as anotações levam minucias de termos técnicos que a meu ver é uma verdadeira aula sobre o dia-a-dia de um astronauta e os problemas que podem vir a surgir.

andySobre o autor: Andy Weir foi contratado como programador de um laboratório aos 15 anos e desde então trabalha como engenheiro de softwares. Sempre foi um nerd em relação ao espaço e amante de assuntos como física relativista, mecânica orbital e a história de voos espaciais tripulados. Perdido em Marte é o seu primeiro livro e ganhará adaptações para o cinema estrelado por Matt Damon e dirigido por Ridley Scott.

Espero que tenham gostado e aguardo vocês no próximo post, Valeu!!!

Livros lançados e que já estão na minha wishlist!

Quantas desculpas mais eu ainda tenho pra dar? Esta será a última antes de postar o Hobbit.. essa semana sai, juro! Estes livros aqui listados são alguns lançamentos e os que ainda pretendo ler o mais breve possível… Eu consigo! finalmente aulas terminadas e tempo um pouco a mais para dedicar a leitura… pois bem, vamos lá?

Continuar lendo