Resenha: Coleção Para gostar de ler (Jiro Takahashi)

capa-8

Fala galera, estava dando uma olhada em alguns materiais que tenho aqui em casa da época em que eu estava fazendo cursinho pré-vestibular e me deparei com A coleção “Para Gostar de Ler 8” que precisei ler naquela mesma época. O livro servia como material de apoio para a prova de língua portuguesa e olha que eu estou falando do ano de 2005.  Dando uma lida agora, percebi que não havia lido por completo e decidi completar a leitura agora, quase 12 anos depois (afinal nunca é tarde para recuperar o tempo perdido, já dizia nosso amigo Proust). Como forma de punição, me vi na curiosidade para saber como foi à elaboração desse material fantástico e me deparei com uma história bem legal… Vamos saber como foi?

O Para gostar de ler diferentemente do que muitos pensavam eram livros destinados a estudantes do Ensino Fundamental e Médio (acho até que esta nomenclatura mudou), sendo que este projeto foi uma estratégia usada pelo governo para alimentar nossos adolescentes pelo o gosto da leitura. Este pequenos livros eram divididos em crônicas e contos e que marcaram uma geração que até hoje são lembrados como um divisor de águas no que diz respeito ao estimulo pela leitura.

O escritor Graciliano Ramos com a neta em 20.03.1953. (Foto: Acervo UH/Folhapress)

O escritor Graciliano Ramos com a neta em 20.03.1953. (Foto: Acervo UH/Folhapress)

O trabalho foi desenvolvido por Jiro Takahashi que resolveu ousar e criar “uma loucura saudável”. Em seguida uma equipe de designers, fez o restante da produção editorial. Na metade dos anos 70, a Editora Ática já tinha duas coleções bem consolidadas para o público escolar. Em uma conversa entre o escritor Affonso Romano de Sant’Anna e o editor Jiro Takahashi sobre o cronista Rubem Braga, Jiro teve a brilhante ideia de criar esta coleção. “Um dos pontos era tentar entender o motivo de ele ser tão usado nas salas de aula, mas isso não se refletia na divulgação e venda dos seus livros de crônicas nas livrarias”, explica Takahashi.

inacio-de-loyola

Os dois concordavam que o maior cronista brasileiro merecia uma grande tiragem e, com o estímulo de Affonso, Takahashi resolveu ousar e criar “uma loucura saudável”, como definiu a Coleção Para Gostar de Ler”. Partindo dessa primeira etapa ele decidiu reunir então um grupo de professores para fazer a primeira triagem das crônicas que deveriam entrar na primeira edição, além de confirmar os nomes que iriam compor o quarteto de cronistas (o time ficaria formado por Rubem Braga, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Carlos Drummond de Andrade).

Feita essa triagem, a Editora Ática fez uma edição experimental de 3 mil exemplares para que alunos “julgassem” os textos. “Com as apreciações dos alunos, confirmadas pela nossa equipe e pelos professores que nos acompanhavam, chegamos às crônicas que saíram publicadas, totalmente testadas”, revela Takahashi. Em seguida uma equipe de designers, com nomes como o capista Mário Cafiero, o artista Ary Normanha e Antônio do Amaral, fez o restante da produção editorial.

s-ponte-preta

Seguindo esta mesma linha, foram feitos obras com Contos inteiramente brasileiros e que também caíram no gosto da galera sendo eles adotados em várias escolas e cursinhos (isso também me inclui). Este livro de contos que li, inclui autores renomados como Graciliano Ramos, Ignácio de Loyola Brandão, José J. Veiga, Lima Barreto, Luiz Vilela, Marcos Rey e Stanislaw Ponte Preta.

Cada autor traz magia e perspicácia em seus contos. Difícil saber qual é o melhor. Ah, e as risadas são garantidas! Temos um pouco de comédia, humor, suspense e até drama. A mescla de conteúdo destes livros só mostra o que o Brasil tem de melhor em relação a nossa literatura e cada vez mais gosto dos nossos autores.

Obrigado pela visita e espero que possam buscar grandes leituras. Até mais…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s