Resenha: Cem anos de solidão (Gabriel García Márquez)

Capa Cem Anos de Solidão_CR.ai

O livro escolhido para o mês de Setembro é o Cem anos de solidão do escritor Gabriel García Márquez e conta a história da família Buendía. José Arcadio Buendía se casou com sua prima Úrsula Iguarán. Não é de hoje que temos pensamentos adversos a matrimônios feitos a partir de unidades familiares (ou seja, indivíduos da mesma família). Todos diziam que do casamento de pessoas da mesma família nasciam aberrações, crianças com rabo de porco entre outras coisas. Rejeitados pela sua antiga aldeia José Arcádio e Úrsula decidem partir da cidade onde viviam juntamente com alguns outros moradores e fundam um novo povoado, que nesse caso seria Macondo.

gabo1

O vilarejo de Macondo tem seus anos de glória, mas também de decadência com a guerra, e em todos esses anos José Arcadío Buendía era um homem muito sonhador, talvez até fora de seu estado normal. Eles tiveram três filhos, José Arcádio (trabalhador), Aureliano Buendía (filosófico), Amaranta (perfeita dona de casa) e adotaram Rebeca (órfã de pai e mãe). Uma coisa interessante e também um pouco confuso é com relação aos nomes e sobrenomes que passavam de geração pra geração. Sempre eram os mesmos nomes e os mesmos sobrenomes, Arcadío e Aureliano para os meninos. E as meninas também tinham os nomes de suas antepassadas.

PARIS - SEPTEMBER 11: Colombian writer and Nobel prize in literature winner Gabriel Garcia Marquez poses for a portrait session on September 11,1990 in Paris,France. (Photo by Ulf Andersen/Getty Images)

PARIS – SEPTEMBER 11: Colombian writer and Nobel prize in literature winner Gabriel Garcia Marquez poses for a portrait session on September 11,1990 in Paris,France. (Photo by Ulf Andersen/Getty Images)

Temos dentro da trama a presença de ciganos que trazem as suas invenções e que são parte importante da trama. A aldeia era um misto de mistério e o leitor vai se perguntando, será que é real ou irreal? Conforme perdemos um personagem outro aparece, toma lugar. Vão e voltam e isso vai compondo a história de forma brilhante.

gravura

De ambiente intrigante e misterioso, Cem anos de solidão tornou-se a obra prima de Gabriel García Márquez. E estou contente de poder deixar minha pequena contribuição para que vocês fiquem com vontade de ler. Obrigado e até a próxima!!!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s