Resenha: Os Goonies (James Kahn/ Steven Spielberg)

capaOi galera, hoje a resenha é sobre um filme clássico dos anos 80 que volta após 30 anos em formato livro. Os Goonies marcam toda uma geração de fãs que assim como no filme mostra dentro de cada criança ou jovem aquele velho espírito aventureiro. É um livro que revela todos os lados da amizade, companheirismo, e por que não do amor ao próximo. Dificilmente é um filme/livro que você irá esquecer. Acredito que o filme tenha passado mais de 100 vezes na tela da Sessão da Tarde da Globo, rsrs. Vamos lá então!? 

filme

Primeiramente gostaria de explicar o porquê do nome “Os Goonies”. Eles vivem em uma cidadezinha chamada Astoria, no Oregon, Estados Unidos. Os Goonies são como são chamados os moradores do bairro daquela localidade, conhecido como Goon Dock, ou Docas Goon, E esses moradores estão passando por vários problemas. Um grande empresário está tentando comprar as casas de todos os morados para derrubar tudo e transformar em um campo de golfe.

Apesar de os moradores terem a preferência da compra e permanecerem onde estão eles não podem comprar, pois se trata de um valor muito alto de hipoteca. Conformados com a situação atual os pais explicam para os filhos que eles não viveram mais naquele bairro. Claro que tudo isso é vivido e sabido por nóspelo personagem principal Mikey e que tem três amigos inseparáveis (Bocão, Gordo, Dado).

 Mikey é o mais centrado de todos eles, possui uma timidez nítida e sofre de asma, motivo pelo qual vive com sua bombinha de ar. Outro amigo seu que não consegue ficar de boca calada e é apelidado por nada mais nada menos que Bocão. Têm também o comilão que não consegue parar de mastigar e que levou um apelido carinhoso de Gordo e não sendo o bastante, o Gordo menti sem dó. E todas as histórias que um dia foi verdade sofrem várias adaptações quando processadas em seu cérebro e divulgadas a seguir por ele. E por último temos Dado e suas invenções. Conhecido por criar várias engenhocas que quase nunca funcionam Dado sempre leva suas bugigangas com ele no caso de precisar claro. Nunca se sabe né?!

mapa tesouroMas não é fácil entrar para esta turma, por isso eles criaram um lema que diz o seguinte:

Eu jamais trairei meus amigos das Docas Goon,

Juntos ficaremos até o mundo inteiro acabar,

No céu  e no inferno e na guerra nuclear,

Grudados feito piche, como bons amigos iremos ficar,

No campo ou na cidade, na floresta, onde for,

Eu me declaro um companheiro Goony

Para sempre, sem temor.

Sensacional não é!?

A história a seguir começa num sábado e os Goonies já entediados e sem muitas esperanças se realmente vão conseguir para a hipoteca ou se realmente tem que enfrentar a realidade e sair de vez do bairro. Eles estão como sempre na casa do Mikey, além do quarteto esta em casa também o irmão mais velho de Mikey, Brand. Mikey é alto, forte e a única coisa que está pensando no momento é no seu possível encontro dom Andy, uma garota do colégio. Surge no momento a ideia de visitar o sótão onde o pai de Mikey (que na época era curador do museu local) guarda algumas quinquilharias que estavam em exposição no museu.

Numa tremenda bagunça Mikey encontra um mapa que possivelmente teria ligação com um à história do tesouro perdido dum famoso pirata. Willy Caolho, conta à história que ele teria sido bobo-da-corte espanhola e que teve seus dias de fúria após ser enxotado por todos, ele já fulo da vida torna-se pirata e começa a roubar todo o ouro que era para ser levado para corte. Willy, que não queria que ninguém recuperasse seu ouro, esconde-o em uma caverna e nunca, jamais alguém teria o encontrado. Junto com esse mapa eles encontram uma moeda (dobrão). Mikey acha que se eles encontrassem este tesouro, eles poderiam recuperar as terras e não teriam que se mudar.

Com esta idéia em mente, Mikey ainda teria que se livrar do seu irmão que estava ali para tomar conta dele enquanto sua mãe estava no supermercado. Percebendo que Brand estava na sala de jogos fazendo seu habitual exercício físico, eles seguram Brand e o amarra-o com seu elástico de treino. Em seguida eles passam pelo jardim e pegam as bicicletas e furam os pneus da bicicleta do Brand para que ele não possa os seguir. Agora eles teriam que zarpar para o ponto inicial do mapa.

E a partir desse momento que a aventura começa. Eles vão para um antigo restaurante farol que fica numa enseada. Brand alcança os quatro amigos e eles encontram também Andy e Stef (a melhor amiga da Andy). Grupo completo, elas acabam se envolvendo nessa aventura, e o que seria uma aventura apenas dos quatro amigos Goonies, torna-se uma grande equipe.

Logo no inicio do filme e também do livro conheceremos a família Fratelli que nada mais são que os grandes vilões da aventura. Eles são proprietário do antigo restaurante farol e descobrem que Os Goonies estão indo atrás desse possível tesouro.

Os Goonies encontram uma passagem secreta dentro desse restaurante que dará num grande espaço subterrâneo cheio de armadilhas feitas pelo pirata Caolho cheio de códigos a serem decifrados. Daí pra frente é spoiler com certeza!

Obs: O personagem Sloth um dos irmãos Fratelli é praticamente um prisioneiro que vive cativo no andar térreo do restaurante, acorrentado e alimentado pelos irmãos e ele é muito bem construído também no livro. Um personagem que já era muito legal no filme trona-se surpreendente também no livro. Genial!

filme com perso

Para variar sempre temos algo que no filme não mostra, normal quando sofre adaptações.

Obrigado Galera, e até a próxima!

2 pensamentos sobre “Resenha: Os Goonies (James Kahn/ Steven Spielberg)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s