Resenha Drácula (Dracula – Bram Stoker)

 

capa dracula

Oi Galera, sempre é um prazer estar aqui relatando mais uma leitura com vocês! Esta agora pertence a um pequeno exemplar do Drácula na versão em inglês. Mas por que em inglês? Porque estou estudando inglês e sempre faço leituras complementares ao material adotado no cursinho que faço! Portanto se nesta resenha ficar faltando dados que vocês já estão familiarizados ou coisa do tipo, me perdoem, pois como disse no inicio esta minha versão é para o cursinho, tá legal?!

Como alguns sabem o clássico foi escrito em 1897 e já foi muito comentado, visto e lido pela grande maioria do público. O romance de Drácula nos apresenta Jonathan Harker, um jovem advogado enviado ao castelo do conde Drácula, na Transilvânia. Até então, Jonathan pensa ter ido ao encontro de um potencial comprador de um imóvel situado em Londres. Conhecido como sanguinário, misterioso e muito perigoso, Jonathan ainda não sabia onde estava se metendo.

No castelo do conde, com o passar dos dias Jonathan nota a estranheza do comportamento de seu anfitrião, e logo sua condição de prisioneiro torna-se evidente. Com o passar dos dias o jovem Harker vislumbra situações estranhas. Ele tem uma noiva, a senhorita Mina Murray, com a qual frequentemente tenta se comunicar e após a posterior viagem do conde para Inglaterra e a libertação de Jonathan, os caminhos de todos acabam se cruzando na figura da melhor amiga de Mina, Lucie. Que atacada durante um de seus surtos de sonambulismo, acaba tornando-se um vampira tal qual o supracitado conde.

Aí é que entra Van Hellsing! Personagem fundamental da trama e também uma espécie de Sherlock Holmes, vive em busca de pistas de vampiros e é conhecido por caçá-los. E ao não conseguir salvar a vida da jovem Lucie – que desenvolve uma predileção por crianças pequenas para usá-las como alimento após sua transformação – com a ajuda do ex-noivo da jovem, Jonathan e dois antigos pretendentes de Lucie, saem no encalço do assassino. Drácula se alimenta de Nina por vingança como forma de atacar os homens que o vinham caçando. E nesta busca incessante de ambos os lados, o livro termina de forma surpreendente.

Apenas assisti ao filme baseado no livro e sei que muitas, mas muitas mesmo as coisas tomam outro rumo. Daí, decidi que pra este mês de Outubro, com estas coisas de Mês do Horror, Halloween e tudo mais, vou sim ser a versão original. Terei um bagagem maior. Até a próxima galera!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s