Resenha HQ: As aventuras de Tintim: O Cetro de Ottokar

Vigesimo Post - 01

E aí pessoal, tudo legal? espero que sim! Para finalizar a edição de Outubro com chave de ouro, disponibilizo mais uma resenha da série As Aventuras de Tintim. Espero que gostem!

*Tintim e Milu partem em busca de mais uma aventura, agora diante de uma pasta encontrada no banco de uma praça, Tintim identifica os documentos e descobre se tratar de Nestor Halambique professor de Sigilografia (ciência que estuda os selos usados em cartas para autenticá-los ou validar uma determinada correspondência) e colecionador de selos também, cuja coleção inclui exemplares da Sildávia, o reino do pelicano negro. De posse de sua pasta, o professor revela a Tintim um selo raríssimo do rei Ottokar IV – Rei da Sildávia.

Tintim

Após conversar com o professor Tintim é avisado por ele que está de partida para Sildávia para estudar um pouco mais sobre o tal selo. Tintim se despede do professor e escuta numa sala ao lado alguém tramando um suposto plano contra o professor. Mas afinal o que teria o professor Halambique a oferecer, a ponto de ser sequestrado? Tintim recolhe algumas provas e informações que ele julga importantes e resolve ir com o professor Halambique para Sildávia. Logo Tintim é envolvido numa conspiração ligada à Sildávia, para destronar o atual rei, e viaja àquele país para tentar desvendar os acontecimentos. E é aí que a história toma corpo! Como já previsto nosso repórter Tintim e seu fiel cão Milu cairão em grandes armadilhas e serão alvos de organizações criminosas que buscam destronar o rei.

Notas:

Como não podia deixar de existir o quadrinho apresenta de modo extraordinário bem os problemas políticos da época, com a relação entre os países ficticios Sildávia e a Bordúria representando a anexação da Áustria e do território dos Sudetos, pela Alemanha nazista.

O álbum como também já mencionado em outros posts teve sua versão em branco e preto e posteriormente a cores em 1947 pela Casterman. O albúm apresenta personagens já conhecidos como: Dupond e Dupont e a estreia da cantora de ópera Bianca Castafiore que logo mais terá uma edição em sua homenagem. A edição lida é da Editora Companhia das Letras com a tradução de Eduardo Brandão e riquezas de detalhes e cores fantásticos.

O Cetro de Ottokar

É galera, o mês ta acabando mas ainda teremos mais de As aventuras de Tintim neste próximo mês, espero que tenham gostado e aproveitem pra ler…

*Breve introdução feita sobre As aventuras de Tintim no post “O Ídolo roubado” publicado anteriormente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s