Resenha: O Sobrevivente – Autor: Gregg Hurwitz

Livro: O Sobrevivente


O livro tem um início impactante. O desejo do personagem principal Nate Overbay de pular de um prédio. Não conseguindo se recuperar do trauma de ter presenciado a morte do seu melhor amigo em uma emboscada no Iraque e também de ter recebido um diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica Nate se vê sem saída. Em algum tempo ele não será mais capaz de se locomover, comer ou falar. O relacionamento com sua ex-mulher e filha já não estava andando tão bem, e o trabalho era ainda o único refúgio. Cercado por todos os lados ele decide interromper sua vida subindo no parapeito de uma janela de banheiro no 11º andar de um banco e decidi que saltar lá de cima seria a melhor opção para dar fim aos seus problemas.

Diante disso tudo ele se prepara para pular quando é interrompido por um grupo de assaltantes que entram no banco atirando para todos os lados. Nate observa pela janela a ação dos bandidos e vê num pequeno descuido de um deles uma arma bem ao seu alcance. Ele toma posse da arma e começa eliminá-los um a um. O chefe consegue fugir, mas deixa uma ameaça de que ele irá se arrepender pelo que fez. Na verdade o que Nate fez foi interromper os planos de um grande mafioso ucraniano que estava atrás de um item guardado dentro de um cofre. O chefão dá um ultimato para Nate para que ele volte ao banco e faça aquilo que seus homens não conseguiram fazer ou seus capangas iriam matar sua filha e sua ex-mulher. Tendo agora apenas uma saída, Nate decide adiar seu trágico fim como forma de proteger a sua família.

Notas sobre autor e opinião sobre o livro:

É a primeira vez que li algo do escritor Gregg Hurwitz. Ele é autor de diversos livros finalistas a prêmios como Ian Fleming Steel Dagger e o International Thriller Writers Award for Best Novel, já teve seu trabalho traduzido para 22 idiomas. Trabalhou no canal ABC e escreveu roteiros para Warner Bros, Paramount e MGM. Colabora para Marvel e a DC Comics em quadrinhos como Batman – O Cavaleiro das Trevas, Wolverine e Justiceiro. Mora em Los Angeles – Califórnia.

Gostei muito da elaboração do livro. Por diversas vezes você se pega rindo com elementos introduzidos pelo o autor para deixar a leitura mais atrativa e dinâmica. Ele conseguiu explorar vários temas como, crime organizado, poder, drama familiar e ainda por cima soube mesclar humor e suspense o que torna o livro cativante e ao mesmo tempo empolgante. O registro mais correto a ser deixado aqui é o de um livro que tem inicio eletrizante e final surpreendente. Mais uma vez fico feliz por ter lido um bom livro e de ter a chance de compartilhar essa experiência com vocês.

Leiam e me contem o que acharam! Obrigado e até a próxima pessoal.

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha: O Sobrevivente – Autor: Gregg Hurwitz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s